quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Uma busca sem fim.




Não falaremos em barreiras, conquistas, obstáculos, honra ou glória.
Deixaremos em vão e como uma 2º opção aquilo que está antiquado e não nos dá a liberdade de termos uma nova idealização da vida.

Assim sendo...

Abrigarei meus conhecimentos, fortalecerei minhas diretrizes e ofuscarei a maldade que há de prosperar dentro do meu peito e do meu coração. Cuidarei da solidariedade e usarei argumentos manipuladores, porém verdadeiros, para que o meu próximo possa desfrutar da alegria e da felicidade
Usarei o que sei, usarei o que aprendi e o que posso.
Me tornarei sempre mais capaz, farei o que sei, e serei o que sou; Como a alma de um ser nobre, fraterno e com um grande ardor de compaixão, para fazer o bem sem precisar olhar a quem..
Não cairei na banalidade dos fatos, e nas falácias obscuras de uma sociedade viciada em argumentos metódicos de políticos infelizmente incapazes, nem me levarei por autores, escritores e cantores famosos que levam suas artes como falsas e fracas mensagens de melhora, quando na verdade só querem encher seu pequeno coração de notas verdes.
Pobre do meu povo varonil, que penso todo tempo, e busco uma solução para salva-lo
Utilizarei a minha crença, a minha solidificação pessoal e os meus próprios argumentos, sem jamais citar alguém, e sem pensar se estou errado. Mas terei de sonhar meus sonhos, lutar pela incapacidade dos fracos e pela incerteza daqueles que se sentem derrotados.

Busco meus direitos, busco chegar a racionalidade ideal, apenas busco. Tenho a vontade de crescer mentalmente, espiritualmente, emocionalmente, sentimentalmente e intelectualmente.
Quero progredir, aprender, não quero parar, tenho medo de não ser alguém. Tenho a sã consciência que as nossas fantasias são os sonhos que devemos conquistar...
Não baixarei a cabeça, nem me sentirei omisso quando a injustiça prosperar ao meu redor.
Criticarei, chingarei, brigarei e até perderei um amigo, se isso lhe servir de aprendizado. Não me importarei com as perdas, não tanto quanto me importarei com o que vou obter disto tudo.
Atingirei diversos pontos de equilíbrio, controlarei a raiva e a mágoa, porque sei que jamais conseguirei tudo o que quero.

Mas me diga quem ama? Quem é leal, quem é amigo, quem busca pessoas decentes de inteligência?
Quem faz por merecer, quem tem personalidade e força de vontade?
Quem corre atrás dos seus objetivos, quem faz da sua vida um momento de extremo prazer pela felicidade alheia, de pura satisfação em deixar um mundo melhor, cheio de sentimentos de paz, amor e conhecimento?
Quem corre todos os dias querendo melhorar os seus erros, buscando sempre a experiência e a sabedoria?

Mas buscarei ser o melhor e ter o melhor de mim, porque simplesmente sei que isso é o bom, que isso é o certo. E não importa o que digam e nem o que pensem. Nem o quanto as pessoas me julgam inocente ou puro demais, ingênuo ou até mesmo idiota. Farei e seguirei aquilo que poucos conseguem fazer.


Falaremos então de Dignidade.

[ Não julgue o que faço, não julgue minha profissão por alguma ética ou moral ilegal, apenas julgue se meu ato vem da bondade, ou da maldade. Eis de que me orgulharei de saber, que sou um ser humano de verdade. ]

terça-feira, 15 de novembro de 2011

O Seu Propósito.


O que você tem para que sua dor seja ultrapassada por um sentimento bom?

Realmente um abraço, um carinho, umas palhaçadas, alguns sorrisos e umas brincadeiras melhoram e tiram uma mágoa do seu coração?

Instantaneamente usufruirmos de uma “melancolia” enraizada de tristeza e uma surpreendente manifestação de choque. Deixamos de lado toda uma vida e um mundo, e entramos em um pensamento profundo de porque tais fatos são ofuscados pela falta de ternura e obscuridade das atitudes dos outros.

Há uma época em sua vida, que dentre diversas explicações racionais existentes, jamais podemos considerar que elas nos darão alguma resposta, jamais podemos esperar que haja alguma resposta.

A resposta vem, ela tem pernas e caminha sozinha, trilha bilhões de caminhos, e quando ela quiser te visitar, ela vai visitar, sem que precises correr atrás dela.

Há caminhos pelos quais não devemos percorrer, mesmo que não saibamos para onde iremos, e do que se trata o caminho escolhido pela nossa "razão mental".

É intuito, sentimentos perceptivos a escolhas e nossos afazeres diários nos mostram algumas probabilidades de sofrimentos e de dores. Devemos manter a cautela no nosso dia-a-dia para que não causemos transtorno a ninguém, e para que nada de ruim venha a nosso encontro.

Contudo há uma lágrima seca, a que se contêm em não sair, saltar, aparecer, transparecer.

Ela faz parte do conjunto de força, de fé, de alegria, de amor, de compaixão, de fraternidade, de ternura, de perseverança, de honra, de glória e de paz.

Ela se nega a sair, ela jamais admitirá ser usada como algo triste, por uma dor, ou uma melancolia, vinda de uma derrota ou de uma frustração.

Há de quem consiga, há de quem queira ou ao menos sinta. Tenha o desejo, à vontade, a satisfação de obter seu amor próprio e encontrar sua própria felicidade.

Esta lágrima quer ganhar um empurrão do "reconhecimento", da dignidade, ela quer ser empurrada com toda força para fora pela força de vontade, pela vontade do crescimento pessoal, e pela idéia da vivência e não somente da sobrevivência.

Esta lágrima quer cair, somente quando houve felicidade, quando houver sorriso. Porque ela não quer perder, ela não pode perder, ela não nasceu só para cair na derrota.

Ela nasceu, ela foi criada como uma gota de água que também gosta de mostrar felicidade, alegria, exaltar os melhores sentimentos, extravasar todas suas realizações e emoções.

Ela quer ser a lágrima que corre no rosto, com a sensação de abrir o peito. Ela te dá a vontade do abraço, da paz, do prazer e da satisfação.

Porque ela foi feita para te fazer um alguém melhor, um alguém mais feliz, e um alguém que vai fazer tu pensar muito, antes de chorar por suas perdas.Ela te fará sofrer na batalha, suar na guerra, se distorcer em meio a dor.

Mas ela só quer sair, porque é isso que Deus me deu, é isso que Deus te dá...

... A oportunidade de lutar por um sorriso alegre, por um aprendizado, e por se locomover na terra, se mover com seus aprendizados, e lutar contra si mesmo, para que te sintas enraizado da pureza da gratidão e da gigantesca satisfação de ser humilde e humano.

Ele quer que sintas a dor, o ódio, para saberes o quão ruim essas coisas podem ser, para que descartes de sua vida, e não olhe para trás em busca de algo que jogou fora com toda sua razão e certeza.

Para que viva seu mundo feliz e duradouro, aprenda com a maturidade, a razão, a verdade e tenha sua cabeça formada, e suficiente para que compreendas para que e porque vivemos. Para que faça o bem, e sejas um alguém que viva cada vez mais longe da dor...

Apenas a sinta, pense e reflita..

Se a sua dor é realmente uma dor, e não apenas uma ilusão.

Portanto pensaremos juntos, viveremos juntos, fazermos o bem sem olhar a quem, para conter todas impurezas e injustiças aqui por nós vistas.

Arrancaremos e estraçalharemos o mal daqueles que tem esse súbito em seus corações.

Se Deus não existiu e não te salvou, se não existe uma salvação. Qual a razão para estares aqui? Na Terra.

Distorcer o coração, contorcer para que se ajeite. Jogar sal e álcool nas feridas, e curar na marra. Esquecer, e rasgar os olhos para não enxergar o sofrimento. Tudo é altamente válido quando o propósito é somente encontrar a felicidade.

domingo, 25 de setembro de 2011

O quão grande devemos ser?



O quão grande devemos ser? O quão forte devem ser nossas demonstrações de afeto? O quão imenso deve ser sua compatibilidade com alguém? Qual o tamanho da compreensão, qual o tamanho da dedicação, e qual o tamanho da força de vontade...

... Que devemos ter para conquistar alguém?

Confesso pensar que talvez eu possa transparecer algumas coisas ruins. Desconfianças, medos ou inseguranças, coisas assim que eu posso não enxergar, mas que os outros enxergam com a maior facilidade. Pois é, isso acontece com todos nós. Acabo vendo coisas nas pessoas que elas não enxergam também (não vêm ao caso).

Apenas deixo uma reflexão (e acredite não é forçar a barra).

Devemos ser realmente imensos para conquistar? Altamente compatíveis para obter? Devemos mesmo demonstrar com um super afeto aquilo que sentimos para que tenhamos sucesso na nossa trajetória em busca de algo que nos faz feliz? Nossa compreensão por naturalidade mesmo que seja 100 % parece deixar falhas.

Rastros da exatidão de desconfiança e medo.

Nossa dedicação é toda feita por um ideal. Vale a pena uma dedicação total? Essa dedicação realmente precisa ser tão grande toda vez que quisermos conquistar algo? E a nossa força de vontade...! Já pensou nisso? Ás vezes alguma coisa, uma pureza do nosso coração, algo que vem do peito ou do cérebro... Enfim, essas duas coisas juntas que se conectam, acaba lançando algo para algum outro lugar fazendo com que ative uma energia extra, uma vontade além do que podemos fazer por algo. Temos essa vitalidade bem maior quando queremos algo realmente. Isso se chama força de vontade.

Mas e aí, vale a pena tudo isso?

Faça agora a sua reflexão.

Apenas pare... Feche os olhos. Pense!

E se pergunte:

Quem sou eu? O que eu sinto? O que me mostram? O que me dizem? O que eu quero? No que eu acredito? O que eu sou? De onde vim? O que posso me tornar? Sou capaz? Posso arriscar? Posso simplesmente, para todo o sempre ficar parado por ter medo de agir? Posso eu me definir e ter medos pelo que vejo ao meu redor e que muitas vezes não acontece comigo?

Aquele que se esforça. Que trabalha duro. Seja para o que for.

Para manter uma amizade forte. Para trabalhar e sonhar com uma carreira profissional. Para conquistar a pessoa amada.

Acredita que ele faz isso mesmo?

Aliás, essa pergunta é inválida.

Essa vai ficar melhor.

Acredite que algumas perguntas não serão suficientes. E nem sempre palavras também serão... Mas aí vai:

As pessoas hoje: elas conquistam alguém ou elas provam algo para alguém?

As pessoas namoram alguém ou tentam manter algo com alguém?

Qual seu medo se não há motivos para desconfiança?

Se não há motivos para o sofrimento?

O que lhe é tão confortável? O que seria grande o suficiente para fazer com que tu acredites que as coisas podem ser melhores? E fazer com que te sintas com a coragem de se atirar de costas ao chão, de olhos fechados, e sem medo de saber se terá alguém para lhe segurar.

Quem sabe se ao invés de questionarmos para sempre o que o mundo alheio pensa, o que o mundo alheio sente, o que o mundo alheio necessita, quer, deseja ou simplesmente o que o mundo alheio quer de você. Quem sabe simplesmente não pense mais no que sente sobre você mesmo?

Porque ao invés disso não faça com que teu coração se abra? Tenha a mesma força de vontade daqueles que tentam.

Pense naqueles que tentam. Não generalize. Mas pense... Pois estes conseguem ter esta força para si, e para as outras pessoas. Assim fazendo que somente amor resplandeça.

Não existiram palavras para explicar.

Será que não depende somente das pessoas mudar esta parte da história? Esse mundo paralelo no qual que vivemos e que colocamos na cabeça um dos outros.

De que nada é fácil e de que nada é simples!

Teoricamente dizemos. Exemplificamos, e, colocamos mil motivos para acreditar que as adversidades são maiores do que a nossa própria crença. Damos inúmeras desculpas a nós mesmos para que não acreditemos naqueles que por não quererem somente se aventurar pagam pelo passado daqueles que já fizeram mal pra alguém um dia.

Que mundo é este que julga alguém ou alguma coisa pela atitude de outros?

Somos iguais por mantermos os pés no chão. Temos os mesmos direitos e liberdades.

Porém construímos nosso próprio espaço coletivo e intelectual.

Montamos nossas amizades, nossas vidas. Nascemos com uma cultura e uma educação. Temos nossos sentimentos e realidades diferentes. Todo tipo de sensação para alguém é diferente pra outrem.

Há somente uma coisa que podemos dizer. Há sempre um momento em que tentaremos dizer o que nunca foi dito. O nosso cérebro e o nosso coração farão tudo para que possamos explicar da melhor maneira possível.

Mas no fim de tudo. Talvez hoje. Talvez agora.

Eu só chegaria a uma conclusão: Apesar de belas, inteligentes e extremamente fundamentais. Palavras não explicariam tudo.

O que vezes precisamos é de ações e atitudes.

E palavras não arriscam por você. Tentam somente te encorajar de que o mundo é muito além do que aquilo que os nossos olhos podem ver.

Palavras, frases, parágrafos, versos, conjugações, concordâncias, poemas, crônicas ou fábulas...

...Não tem o poder de nos mudar. De fazer acontecer. De nos fazer arriscar...

E esse poder não existe por quê?

Porque todos podem falar.

Porque palavras são somente palavras?

Elas são tão inúteis assim?

São tão banais

Quem lhe ensinou isso? Confesso que entendo.

Mas é como uma religião. Ler a Bíblia e crer na palavra de Deus.

E agora? Não sou Deus, mas e aí, o que farás com minhas palavras?

O Quão grande precisamos ser para que valhamos algo?


"Não importa como mostramos ou demonstramos, por dentro sentimos e não nos enganamos. De que vale não sofrer, se estás sujeito a não viver ? "

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Calado.


Não se preocupe com a escassez de palavras.
Um dia me sinto assim.
Um dia quero muito escrever, só não existe nenhuma condição disto acontecer.
Um dia não quero nem olhar pra uma caneta e um papel. Mas estou escrevendo por dentro com meus aprendizados e sentimentos.
E quando explodir ? Por enquanto, sigo assim. Calado.
Mas assim sou. E serei.

Mas acredite, minha quietude é um bom sinal
Meu espírito no mundo se inspira. Meu eu não se sufoca com o silêncio. As vezes o silêncio é a minha paz.
E na paz meu coração se silencia.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

quando tudo bate firme e verdadeiro.


Você sente no coração o que ninguem mais sente no mundo.
O que seu coração manda para você são contantes e incessantes momentos de adrenalina, de aflição e de sentimentos que fervem com sua alma fazendo com que te sintas completamente fora da realidade. Fazendo com que seu sentimento seja sempre imenso perante qualquer fator do dia-a-dia.

Há ilusões daqueles mais emocionados, dos que querem viver de justiça e de causas nobres. Há os sentimentos mais horripilantes,mais traiçoeiros, pois são estes os melhores. Os que fazem tu sempre imaginar teu peito com um gelado, com uma tremula sensação de algo que não existe um nome.. Mas que te deixa completamente entusiasmado, crente e persevero pelas melhores coisas do mundo..

Mas chega um ponto em que a crença vira angustia, esperança vira aflição e a fé vira ilusão.

Uma denominação facil para aqueles que sentem o que ninguem mais consegue sentir.
Não se sentir melhor por ter esses milhões de sentimentos cegos em que ninguem costuma acreditar ou dar valor..

Hoje para mim não importa, o que sei é que o cego é quem não consegue ver o que sinto aqui dentro do peito.

Porque não tem a capacidade de sentir o que sinto, não tem o despeito de fazer com que suas crenças e seus principios sejam maiores do que os contras da vida..

Haverá sempre um momento em toda vida, de tempos em tempos, em que vamos cair na realidade.

Mas isso é só pra quem se importa, pra quem sente.. Pra quem sofre.

Quem ama, quem é leal, quem é amigo, quem busca pessoas decentes de inteligência.
Quem faz por merecer, quem tem personalidade e força de vontade .
Quem corre atrás dos seus objetivos, quem faz da sua vida um momento de extremo prazer pela felicidade alheia, de pura satisfação em deixar um mundo melhor, cheio de sentimentos de paz, amor e conhecimento .
Quem corre todos os dias querendo melhorar os erros e buscar para sempre a experiência e a sabedoria.

Quem perdeu um amigo, quem criou um amigo. Quem hoje sabe quem são os seus verdadeiros amigos..

Tudo acontece, para que no fim vejamos quem somos todos nós.. É, as vezes eu erro, mas eu erro pela minha ilusão, erro pela minha crença. Mas nunca erro porque sou insensível, por maldade ou apenas por ser alguem que não valoriza NADA !

Tudo acontece para que a vida seja melhor assim, e eu sou melhor assim.

Amanha é outro dia, acordarei melhor e esquecerei de tudo que aconteceu..

Pois eu tenho o Direito de sofrer ..

Então acorda pra vida, não difere coisas, não discute, não se desculpe, não faça nada pra justificar o que não tem justificativa.

Só aprender a ser um pouco mais humano. Assim poderemos nos aproximar.

Do contrário viverei sozinho, me amando. Viverei somente pra mim, viverei feliz assim !

sexta-feira, 29 de julho de 2011

O que será ?




Eu realmente não paro de pensar em ti e não queria que tu não fosses assim tão perfeita para mim. Não queria que minha admiração fosse tão grande.

É difícil pra mim imaginar quais são as razões de Deus, o que ele faz para nos mostrar as coisas e para nos fazer aprender.

Por que aquilo que encontramos e sabemos que seria o melhor para nós tem que estar em mais ou menos 350quilômetros de distância?

Eu queria aprender mais facilmente e de uma forma mais simples. Queria às vezes ter algumas coisas de mão beijada. Sim, eu sei que não é assim, tudo o que acontece comigo e tudo o que passo me faz ter um olhar diferenciado e ser cada dia mais forte dentre tudo aquilo que analiso e sinto todos os dias.

Eu não sei porque, nem como, mas eu estou aqui pensando em como Deus pode me ajudar. Em como ele pode fazer com que eu conquiste algumas coisas.

Hoje eu sinto medo, pois sempre fui atrás, porém sempre me vi somente com o emocional, excluindo a racionalidade.

Fiz com que meu bom coração sofresse e se iludisse. Fiz com que ele guardasse mágoas. Mas hoje encontrei alguém especial, encontrei alguém que me deixa confuso e que deixa meu coração ventoinha em um coração tão furacão.

Por isso tudo o que tenho que fazer ? Sempre tive a missão e a força para seguir em frente em busca de algo, com toda essa irracionalidade,mas a sensatez de sentimentos fortes mas que simplesmente nunca foram o bastante para a minha satisfação.

E hoje será que gosto ? Será que devo ir atrás? O que eu penso ?

Eu estou numa fase que eu sei dos meus princípios, dos meus sonhos, mas eu não sei o que fazer. Eu sempre fui atrás, eu sempre conquistei e sempre tive em mim os melhores prazeres da dignidade e da luta pelos meus objetivos.

Queria descobrir se tenho que fazer hoje o que sempre fiz anteriormente.

Queria descobrir se o que eu sinto é verdadeiro ou enganoso.

Queria saber se a minha racionalidade de hoje, as minhas percepções e tudo que eu aprendi para que eu me tornasse alguém correto, se isso me mudou, se isso me deixou com medo ou apenas me deixou ciente das coisas verdadeiras.

Tenho medo de perder, tenho medo de não conquistar, hoje eu aprendi que nada será sempre do meu jeito por mais que eu tente o possível. Percebi que aquilo que plantei em toda a minha adolescência , o que sempre quis, sonhei, idealizei, desejei e imaginei foi apenas uma ilusão para a minha mente e o meu coração tão varonil. E hoje vejo prosperar a desonra no peito daqueles que sempre se disseram ser apreciadores de algo que vem da antiguidade, do anti modernismo, do romantismo tradicional feito de forma sincera e leal, algo que as roupas e as cartas de amor justificariam. O Blues daria o clima de exatidão e simplicidade para um momento tão inoportuno como aquele único e primeiro beijo da pessoa amada, o beijo que nunca esqueceremos, aquele que sempre esperamos por tanto tempo e deixamos qualquer coisa para que se faça este toque labial retumbar nosso coração.

Essa coisa que o tempo nos dá para que mostremos a nós mesmos que somos capazes de superar qualquer barreira para que vejamos o tamanho da nossa força, o tamanho da nossa fé e o tamanho da nossa capacidade. Isso me deixa aflito, pois até hoje alguns defeitos eu não soube perceber em momentos como este. O quanto eu podia ser maior do que sou, ou o quanto eu era inferior a algo que eu achava ser tão superior. Eu vejo que com o tempo a cada dia aprendo e que minhas experiências emocionais conseguem me deixar mais reflexivo no que diz respeito ao bom amor. Por ser dominado pela ternura e pela compaixão chego a pensar que devo amar-te somente com meu coração, penso que não devo tocar-te e nem mesmo beijar-te. As vezes fico feliz pelo fato de somente sentir amor, pelo fato de me sentir belo e inteligente me apaixonando e tendo sensações por alguém que realmente merece. Fico grato e agradeço a mamãe e papai a todos ensinamentos, lições de moral e o que me fez sentir e olhar as pessoas como um homem, encarar a vida como um homem digno da sua maturidade que o tornou capaz de entender as perdas e dar valor as causas ganhas com tanto suor e ardor.

Não peço nada em troca, não quero pena pela derrota . Não penso em perder pois sei que quando sinto algo deste tamanho é difícil pensar que estou perdendo alguma coisa. Eu sei que ganho todos os dias com o que estou aprendendo diante dessa situação que me da vontade de chorar, que minha vontade era a de ter sempre aquilo que eu esperei de uma pessoa e não pude...

...é alguns tem como idealização de um amor, beijos demorados e sensíveis, delicados e doces, lentos e sensuais. Não desprezo nenhuma forma de amor ou de algum sentimento feito pela paixão de duas pessoas...

...agora quero te abraçar, só te abraçar. Porque não me dá o teu ombro e faça com que eu encoste meu rosto junto ao teu cabelo e teu pescoço, para que eu possa desfrutar da minha imensa alegria por receber aquilo que ainda sonho em receber, de alguém que imagino encontrar, mas não tenho pressa para satisfazer algo que me deixará transformado em alguém melhor.

A vontade, a explosão que estou sentindo corroendo aquilo que chamo de coração é gigante demais para que eu não tente expressar. Talvez eu esteja carente a tal ponto que eu me veja apaixonado e sem razão alguma para citar tais coisas em que me pego admirado e alegre de tanto usufruir de belas riquezas culturais e sentimentais de alguém que não consigo decifrar.

As minhas nobres diretrizes, os meus gestos singelos de gratidão, as minhas palavras tão forçadas e derradeiras, o meu pensamento verídico, a pele inferior dos olhos que começa a ecoar o som das lágrimas que ainda nem saíram, mas como qualquer reação antecede com suas reações, meu corpo e minha alma entram em erupção.

Meus braços e pernas ficam duros, assim começam a se movimentar com mais audácia. Meu sangue circula mais rapidamente que até posso sentir minha camisa saltitar. Uma aflição entra em mim e toma conta do meu cérebro ativando toda a adrenalina possível em um momento de tensão.

Me aperto, me prendo, me olho, me mexo, me vejo, me sinto, me toco e me viro.

Acabo de pedir ao meu coração e as forças sobrenaturais que curem este meu sentimento que ainda não tem nome. O meu coração pede uma injeção na pele. Ele agora pede para que a injeção seja em todos os lugares onde não sentiria dor e que lhe fariam adormecer.

Porem pedidos nem sempre são aceitos. Peço tantas coisas todos os dias. Peço coisas que sei que hoje posso receber. O tempo nunca me dará todas as escolhas ou oportunidades possíveis para que eu conquiste tudo que me dê na telha.

O amor muda recantos, ecoa tradições, faz um manto de luz laçar a demagogia e a tão ambiciosa hipocrisia da falta de renascimento dos sentimentos que aqui do lado esquerdo batemos com a mão para sinalizar, demonstrar e relacionar todos os afetos por uma causa de amor.

Usamos os pedidos para que vejamos as possibilidades, para que meçamos os caminhos, para que tenhamos a moral e a responsabilidade necessária para aprender e chegar ao nosso ponto de equilíbrio.

Temos a versatilidade como um ponto G de uma relação de amizade. A flexibilidade para as coisas mal interpretadas ou inesperadas na situação “do apego”, que geraria uma decepção geral dentro do corpo do indivíduo. Causando assim uma grande mágoa e talvez uma total mudança no sentimento que ali é sentido pelo rei do mundo.

Por fim não percebemos, mas o que temos de melhor dentre todos os pensamentos confusos e rabiscados é a tão questionada e derivada “maturidade”.

Faça-me decidir os pontos finais, faça-me agir e faça-me querer entender o que posso e o que não posso sentir. Eu lhe daria exemplos de responsabilidade, exaltaria sua coragem e bravura para um final que pode ser inesperado. Faria com que te sentisse preparado a mergulhar em um mar que talvez não tivesse uma saída feliz, mas que existiriam milhões de bóias para que nunca tornasse a se perdesse na escuridão ou numa tempestade no meio do oceano.

Tente descobrir de alguém que toca piano, o que ele sente cada vez que um dedo seu toca um botão do teclado. Tente imaginar qual seria a sensação dele com cada nota, com cada som emitido pela leveza ou agressividade dos seus dedos quando tocam em algo que lhe dará sentimentos de pureza e paz.

Saberias agora me responder? Saberias com toda a clareza me dizer?

É, acho que não. É uma tentativa válida e algumas vezes até venhamos a obter resultados. Porém não conseguimos botar as cartas na mesa e mostrar qual o tamanho, a intensidade e o que significa pra nós o sentimento por algo ou por alguém.

Quero agora continuar e declamar aos leitores o tamanho da vitalidade que tenho para seguir com os pés no chão. O tamanho da esponja que existe por de baixo de minha pele, que suga sentimentos, energias positivas e se torna uma verdadeira fortaleza. E que depois de tudo isso tem a capacidade, à vontade e a força, a sagacidade e a tentativa de colocar tudo pra fora. Haverá em meu peito sempre a vontade de explorar idéias e opiniões. Haverá alguém que sempre fará tudo por um simples sentimento de devoção as causas nobres, e as justas. Haverá alguém que sente amor, e que não saberá explicar com as palavras que desejaria, nem com os sentimentos que o domina. Mas mesmo assim haverá sentimentos.

Depois das conseqüências e tentativas um tanto quanto aprovadas de uma explicação sentimental de uma pessoa que joga os sentimentos para quem quiser ler, ouvir, ver e entender se da conta de que é tão forte, é tão sincero e é tão visível a vontade de me atirar em braços e abraços quentes. De pedir um colo, um carinho ou até mesmo um amasso.

Ficará agora, o medo, a dúvida os olhares e as sensações. Se misturará com a incerteza e com a euforia fazendo com que eu fique sem idéias e sem reações. Sempre pensando e deixando o tempo tomar conta das decisões que hoje não posso tomar. E das coisas que não tenho o poder de decidir.

Mas teria eu hoje e agora a devida coragem, ou a necessária insanidade, para começar tudo outra vez, e sem ser do começo? Será que eu teria tamanha esperança, e poderia acreditar que poderia ser feliz e fazer o outro feliz, depois de tudo que já houve na minha vida?

Será que eu teria o desprendimento que a situação pede, e estaria disposto a abrir mão da única vida que se fez possível pra mim?

A verdade é que eu não sei.

Mas uma coisa eu sei.

Alguma coisa acontece no meu coração, e eu nem sei explicar o que é, ou como é, ou como chegou, e tem chegado todos os dias.

“Eu já nem sei mais o que faço,não sou dono dos meus passos, já nem sei pra onde vou.”

Eí, psiu, ainda está aí? Não acabou não.

Agora me diz: Ninguém te avisou que era você? Pois pensei que você já soubesse.

De qualquer forma, pega a sua mala, vem e sobe comigo neste balão, vamos viajar em direção ao horizonte, em um caminho trilhado por flores e pelas cores de um arco-irís.

Depois me diga para onde iremos, quando passarmos aquela nuvem me diga se iremos para a esquerda ou para a direita. Vai, me ensina a modelar bonequinhos, a fazer roupas de algodão doce e sonhos de olhos abertos. Me abraça daquele jeito que me faz sentir seguro, amado e amando.
E se no meio do caminho a gente encontrar o gênio da lâmpada, pode pedir o seu maior desejo, pois o meu já estará realizado.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

[...]


Desde que me conheço por gente tenho o costume perfeitamente idiota de não terminar a maioria das coisas que começo.
Impossível descrever aqui tudo aquilo que já iniciei, que me envolvi, de início, com intenso fervor, mas que perderam a graça com o passar dos dias.

Rotina nao é o meu forte. Não que eu não considere que ter uma rotina não seja importante afinal considero essencial para manutenção de uma vida saudável o mínimo de organização e estrutura. Porém, gosto de me encontrar comigo mesmo. Gosto de me desafiar a ser hoje melhor do que eu era ontem, gosto de superação...

Não sou do tipo fascinado em ser o melhor do mundo em qualquer coisa... Talvez até possa vir a ser, mas ainda não descobri o que moveria com tanta força o meu coração... Ou ja descobri e não sei ainda do que se trata...
Mas gosto de fazer as coisas bem feitas, de ter um trabalho reconhecido e acima de tudo, me encanta criar sorrisos, proporcionar momentos de felicidade às pessoas.

E com esse blog vivo tentando fazer a felicidade através de uma coisa que me agrada muito fazer, algo em que me sinto livre, aquilo que carregarei sempre comigo. Aquela doce paixão, aquele intenso encanto: escrever.

Um Feliz Dia do Escritor a todos aqueles que se dedicam a escrita, se consideram Escritores ou Pseudo-Escritores e que fazem com que a sabedoria do escrever seja um mar sem fim perante aos olhos do horizonte.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

A Fantasia é o sonho de conquistar


Como e quando deixar de lado suas vontades e desejos ?
Como saber que a realidade pode ser maior que um sonho seu ?
Como saber que seu sonho pode ser seu destino e que nada pode ser maior do que seu desejo de transformar a fantasia em realidade ?

Como crer que o que conhecemos e nos encantamos será nosso, e não de um outro alguem ?
Como deixar da certeza e da sensatez para ir atrás do amor, da sensação de uma conquista que nem sabemos se vai se tornar concreta ?

Como desvendar os mistérios de uma vida repleta de acontecimentos positivos e verdadeiros, quando na verdade estão todos mais preocupados somente em deixar e desistir de viver.

Como podemos nos deixar levar pelos pequenos atos de maldade de uns ? E como podemos sofrer com o mau carater de outros ?

Você perde a ilusão sobre as coisas boas, é dominado pelo que está abaixo, o seu ego se transforma em um depósito de sentimentos ruins, e sua vida se torna só mais uma em que todos se aproveitarão da sua falta de decisões,da sua força e da sua fragilidade emocional.

Por diversas vezes me pego pensando onde eu estaria se eu tivesse feito outras escolhas, se tivesse entrado em outras ruas, se tivesse me atrasado cinco minutos. Se eu fosse ator como sonhei quando era criança, será que estaria escrevendo essa crônica nesse momento? Provavelmente não, e isso seria uma pena, porque realmente adoro escrever.

Muitos fatos relevantes da nossa vida acontecem quando estamos distraídos, e só notamos a importância deles muito tempo depois.

Todas as nossas atitudes nos levam a milhões de caminhos. O que teria acontecido se ao invés de ficar escrevendo essa crônica, eu tivesse comendo pão de queijo que mamãe sempre faz ?
Provavelmente eu não estaria sentindo fome e com pressão baixa, mas você não estaria lendo isso agora também. E esse assunto não ficaria na sua cabeça, e sim um outro, que te levaria a outras conversas entre as várias que você terá hoje. Ou seja, eu acabo de mudar o seu destino.

Acabo de te dar uma nova visão e um outro caminho para que penses na sua vida, para que somente penses na vida.
O mundo te dá milhoes de caminhos e escolhas, te tira outras milhões de possibilidades.
Cada vez que um pensamento entra em sua cabeça, deixamos outras possibilidades de pensar para tras.

E você daqui a pouco irá conversar com um outro alguem que te levará para um outro caminho, com outras possibilidades a trilhar.

Se suas oportunidades, possibilidades e caminhos conseguem fazer com que tu te sintas mal, o que esperar de ti ? O que esperar do positivismo que parte da vida que só tu pode mudar ? Se te sentes renegado pelo mundo e pela vida,como acreditarás que a vida é boa se não irás correr atrás daquilo que lhe agrada, que lhe faria bem, daquilo que tens vontade de conquistar, que tens desejo de conseguir e daquilo que realmente lhe fará feliz ?


Acho que só precisamos de um instante para pensar diferente, querer e sentir coisas diferentes.. Mas o instante é sempre o agora, faça coisas bonitas, ame seu amor, sorria para quem da valor as simplicidades da vida.

A sua vontade é de conquistar, realizar o seu maior sonho, entender como pode depois de tanto tempo descrente,acreditar que o mundo é redondo e que é tão capaz de girar, fazendo com que pés virem cabeças e cabeças virem pés.

É, o mundo gira,as coisas mudam, nada é concreto, nunca vai ser como queremos, sentimos e imaginamos. Mas sonhos são sonhos, ele vai acontecer de alguma forma e seja ela qual for se tiveres a determinação, a coragem e a inteligência de saber superar as diversidades da vida e fazer com que seu aprendizado seja tamanho a proporção da sua vontade de querer, desejar sonhar e viver.

A fantasia é o sonho de conquistar .

terça-feira, 19 de julho de 2011

É Mais Um Bom Capítulo.


Ansiedade. Alegria contida. Som que não pára. Sorriso que espera...

Nem se todas as palavras estivessem espalhadas na minha frente, eu conseguiria descrever o que estou sentindo agora. Que assim seja: único.

Confesso que sempre penso demais quando se diz respeito as minhas explicações emocionais, as vezes mesmo sendo algo “nada demais” ... O que acontece é que conforme vou pensando, vou ficando aflito, nervoso e começo a me preocupar por algum motivo indescritível. Começo a agigantar a situação e cabo tornando todo o detalhe imenso e valioso. Tudo sem importância requer sempre algum valor para mim.

Pois bem, sempre serei suspeito para falar de algo que venha a me agradar ou a me encantar .

E que assim seja, em meio a sensação o que vale é a intenção, o bom coração de um cidadão em boas mãos.

Faço da minha divindade extra-curricular, aquilo que aprendo com informações diárias e incessantes, lendo um livro ou conversando com alguem que compartilha da mesma nivelação de sensatez.

O menor, o maior, o pouco, o muito, o grande, o pequeno, o falar, o analítico, o crítico, a opinião, a compreensão, as coisas, a sociedade, os noticiários, as maldades, a atenção, os sentimentos internos, as ações, os olhares, as visões, as imaginações , as pessoas e as verdades, as mentiras e a solidariedade, a pena e a compaixão , a tristeza e a solidão .

Você aí, sabe o que é não perder o dom de se encantar com as maravilhas pequenas ?

Mas todos continuam a se enganar.

Não faz parte da minha vida ser um vilão de qualquer história ou aprendizado de vida. Isso é algo quase que impossível. Não tenho a coragem, nem a força que é preciso para entrar e mudar outras vidas .

Tive e tenho a força de entrar em corações eternizados pela pureza de uma boa intenção e fazer com que a cultura de quem estou a me apaixonar seja cada vez maior. O se importar com a vida, se importar e querer estar em um coração alheio não basta somente amar. Mas desejar e ter naturalmente em seu coração a vontade de compartilhar sabedoria, cultura , aprendizados e novas informações para um amor de razões e alegrias .

Confesso minha limitação para lidar com alguns assuntos e problemas. .

Ainda tenho muito que aprender sobre muitas coisas, mas como de tudo tem que se tirar uma experiência, a minha nesse momento é essa: conversar, abrir meu coração sem medo. Essas conversas não são pra atacar ou julgar, são apenas pra fazer com que o trem entre nos eixos porque não tem jeito, se isso não é feito perdemos o rumo.

Mas confesso gostar e apreciar, saber lidar com outras diversas situações, fazendo com que minhas palavras e valores sejam avaliados pelo tanto de explicações e conhecimentos que tenho diante as pessoas que possuem dentro de si a receita perfeita para julgar alguem com todos os olhares .

Estou aqui para ser eu, para ter e para te ter, para sem querer conseguir, para sem querer conquistar, para sem querer perder, estou aqui somente para ser o que ninguém ou quase ninguém consegue ser, estou aqui para a autenticidade, para a lealdade, para ser o raciocínio, para ser o caráter, venho a ti para ser a nobreza a proeza e a dignidade, venho a ti, estou aqui, para ser apenas a verdade. Mas sou tudo,estou aqui e ainda não sei me explicar, muito menos expressar, apenas deixar estar.

Estou aqui para não deixar de estar. Estou a sorrir para que os medos se afastem. Estou aqui para que você não só me encontre, mas viva o que sou e o que posso ser. Estou aqui, um pouquinho além de mim...

Vontade de correr para o abraço mais forte em que eu caiba dentro. Você me espera?

E Contudo isso aparecem as palavras da sua boca e os sorrisos que vêm do peito. O que se faz essencial.

Tudo está paz. Muita música, muito sorriso e lembranças...

Mesmo que as mãos se escondam, eu estarei aqui com um olhar e com um coração que muito quer falar.Não sei mais como demonstrar as coisas que por dentro estão a passar.

Mas continuo aqui, estou aqui. Não sairei daqui.

Apenas estou em uma fase que acabei descobrindo algo gigantesco, aquele algo que não se usa nem se têm uma palavra para definir ou explicar para qualquer pergunta ou para qualquer afirmação vinda de qualquer pessoa.

É uma fase que tudo se tem, tudo se pode, tudo eu quero, tudo me faz feliz, em que existe alguem que surpreende, que é maior que eu, que eu não sei, porque eu tento e tento e no fim de tudo não sei novamente dizer ...

O texto acaba aqui, pois quanto mais tento, menos consigo explicar o que sinto, eu só sei que é maravilhoso,mas acaba por aqui ( o texto ). Porque o que eu sinto, passa, flui e segue sendo maravilhoso ...

[ 832 palavras, 3.752 letras, 91 linhas, 24 parágrafos e não consegui uma definição.

Tem que ser algo muito grande não é? Tem que saber ser maior ... ]

Tem que ter um amigo, um carinho, um sossego, um algo divino, tem que ser bonito, querido e merecido. Tem que gostar e saber expressar, e pra entender tem que sentir e falar.


Tem que ser tudo, quando o tudo é pouco, e amanha será mais do que o que é hoje.


segunda-feira, 18 de julho de 2011

O melhor que podemos extrair do ser humano.


A gente sabe quando gosta de uma pessoa quando a gente se sente bem conversando com ela sobre qualquer assunto. A gente sabe quando gosta de uma pessoa quando a gente faz as coisas com prazer por ela – e com ela.

A gente sabe quando gosta de uma pessoa quando queremos sempre saber se está tudo em ordem, se ela está feliz, de bem com a vida. A gente sabe quando gosta de uma pessoa quando fazemos questão de dividir coisas que julgamos ser interessantes, que acrescentam a nossa vida, que divertem, fazem sorrir, rir, gargalhar, chorar de tanto rir.

A gente sabe quando gosta de uma pessoa quando respeitamos a sua opinião, independente de pensarmos justamente o oposto. A gente sabe quando gosta de uma pessoa quando revivemos os momentos de nossas vidas – melhores e piores – e aprendemos com isso a ser uma pessoa melhor.

A gente sabe quando gosta de uma pessoa quando falamos dela com carinho, respeito, com brilho nos olhos e orgulho de tê-la ao nosso lado.

E isso é o melhor que podemos extrair do ser humano: a capacidade de amar, apesar de sermos tudo o que o outro não é.

Dedicação total : Catarina Schein [ http://www.biscoitodepimenta.blogspot.com/ ]

domingo, 17 de julho de 2011

Uma flechada no coração.




É ruim perder um campeonato.
É bom sofrer até o ultimo minuto e arrastar aquela vitória sagrada entre a raça e a superação.
É ruim perder um ídolo.
É bom ser a maior torcida de uma ''cidadezinha'' do ''interior''.
Melhor ainda é viajar 36 horas para ver seu maior amor, melhor ainda é voltar 36 horas com a derrota,mas sabendo que a honra, o orgulho esteve lá, e aquele amor extremado ninguem poderá lhe tirar .
É bom saber que somos exemplos de tudo, amor, fé,dedicação,carinho,paixão, que dentre todos males e tragédias ainda estamos aqui, um bando de loucos que nunca vai te abandonar.
A paixão, o fanatismo consome o Rubro-Negro, que não é um clube que tem uma torcida, é uma Torcida que tem um clube, e dependemos de ti para sorrir,para lutar, para que o templo seja nossa casa, nossa esperança. É apenas religião, apenas amor.

E é tão bom saber que no fim de tudo somos o time que tem uma das maiores raças do brasil e isso não existe igual !

Obrigado Grêmio Esportivo Brasil, por me fazer sorrir, e me fazer chorar , tantas vezes de alegria, outras de tristeza, mas por tanto te amar !
Por me fazer melhor, por me mostrar valores, não somente o do amor e o da paixão, mas da conquista, da persistência, da devoção e da dedicação .

[ É HOJE ] ( Um momento muito pessoal no meu blog. )

sábado, 16 de julho de 2011

Intimidade...


Lí por aí: "a intimidade não se presta a fórmulas, não está relacionada a tempo de convívio, é muito mais uma comunhão instantânea e inexplicável. Intimidade é você se sentir tão à vontade com outra pessoa como se estivesse sozinho."

Baseado nisso resolvi me perguntar, afinal o que é intimidade?

Ao meu ver, intimidade é o grau de cumplicidade que estabelecemos (e como o trecho diz, não está relacionada a tempo), onde não precisamos nos preocupar com o que o outro vai pensar ao nosso respeito diante de um comentário ou atitude. É ser você mesmo, cheio de maluquices, defeitos e imperfeições.

É contemplar o silêncio sem encanar, tão pouco se incomodar com a falta de assunto. É poder falar quando tem vontade e sacar quando o outro só precisa ficar quietinho.

É poder tomar sorvete no pote ou refrigerante no bico, tomar banho e cantar sem lembrar da sua falta de talento musical. É não se preocupar com a cara inchada e o cabelo bagunçado ao acordar. É não ter que ser sexy vinte e quatro horas por dia.

É poder contar dos sonhos, mesmo os mais fúteis aos medos mais tolos. É ficar horas conversando e ver o dia amanhecer e nem perceber que o tempo passou e dizer tchau já contando as horas pro próximo encontro nem que seja pra olhar pra lua ou ver o dia amanhecer novamente.

É se preocupar se outro comeu direito, foi ao dentista ou cortou o cabelo. É perceber se aqueles olhos são de cansados, famintos, nervosos, ansiosos ou felizes sem que nenhuma palavra seja dita. E que aquele abraço seja capaz de curar qualquer mal e proteger de qualquer perigo.

É não precisar mentir ou usar de artimanhas e joguinhos. É mostrar suas fragilidades sabendo que será respeitado mesmo assim. É não precisar ter sempre certeza de tudo, poder duvidar até do que diz e mudar de idéia mil vezes se necessário. É poder voltar atrás, é pedir desculpas e desculpar sinceramente. É desafiar o mundo e quebrar preconceitos sabendo que o outro estará sim ao teu lado, independente de qualquer coisa.

Intimidade, ao menos pra mim está intimamente ligada ao amor. Só o amor pode estabelecer tal vínculo.

Ou como diria o Jota Quest, se isso não é amor, o que mais pode ser?
Eu? Eu to aprendendo também!

Pequenos privilégios.


Desenvolva a capacidade de atenção para os pequenos privilégios que se oferecem a cada momento de sua vida.

Existe muita gente negativa, mas isso é sim a grande bobagem do ser humano.
Nascemos com um intuito: ser feliz.
Temos que tentar ver tudo de um prisma otimista, tentar ver o lado puro e gostoso de tudo, de todos os atos, de todas as pessoas, da vida em si.
Viver é bom, ser feliz também.
Temos que colocar isso na cabeça, até porque nossa vida é como a fazemos.

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Escrever: Julgar e Sentir.


-De-me seu relógio ?
De-me ele para mim saber, quanto tempo falta para te encontrar?
Nunca deixe que o tempo estrague com o que tens de melhor !
Não deixe que ele interrompa seu futuro, e deixe lembranças ruins do passado arruinando o seu presente, nunca deixe nunca de sonhar, obstrua as dificuldades da sua vida, nunca deixe de tentar fazer aquilo que lhe agrada !
Dificil é também nos momentos dificeis criar frases bonitas , e que contenham nelas sentidos plenos da realidade,mas é claro demais mostrar o que se sente, através de palavras que não tenham o minimo sentido, e que estão ali só por rotina . Pois só bastaria dizer um simples "eu te amo" para tudo se definir. Mas as frases existem, e elas são feitas com grande inspiração,pois então nunca julgues algo que ler, você nunca sabe dos sentidos de quem a criou "


[ .. meus ultimos 3 posts, são de 3 anos atrás, apenas relembrando e dando um lugar a eles . ]

Dificil explicar o que se sente depois de momentos felizes ao lado da pessoa amada...
Facil lembrar quais foram todos os momentos perfeitos ...
Dificil saber o que pensar e o que fazer agora,não ter ideia do que sentir,pensar,agir...
Facil sorrir,se contagiar,fazer bagunça, fazer loucuras a toa, com muita vontade e felicidade
Dificil é não saber o que escrever ,e escrever bobagem
Facil escrever algo facil, dificil escrever algo bonito...
Dificil conquistar,fácil amar, dificil seduzir , facil acariciar , dificil chorar, facil sorrir , dificil batalhar, facil se sentir orgulhoso, dificil acreditar em ser feliz,facil saber que é possível,

Facil? Dificil ? Palavra que não importa no amor !
Apenas para construir frases, para que todos entendam, não existe dificil ou fácil no amor, ou se ama ou não se ama ! Independente disso, o amor, é algo lindo no mundo, no qual pessoas como eu levam a sério e sabem lhe-dar com muito carinho e dedicação !

"Sem Palavras, Apenas Sorrir, e deixar o tempo passar ! "

Sincrônia...


em 10 minutos adquirimos, comentários,críticas,conquistamos coisas e também podemos perder !
em 10 minutos , ficamos nervosos sem saber o que fazer , ou também fazemos tudo, e álem do que deviamos fazer !
o Amor é uma escravidão na qual jamais existirá uma assinatura para nos libertar !
em 10 minutos podemos amar , em 10 minutos podemos perder nosso amor ,mas relacionando o tempo com o amor , considerando todas filosofias do mundo, amor existe todo o tempo, e nunca acabará pois o tempo é eterno, não para nós, mas para quem esta ou ja passou por ele , e o tempo as vezes é ,e as vezes não é o melhor amigo do amor .! Ambos trocam ofensas frequentemente, é um guerra eterna, mas no qual ambos sempre entram em milhares de acordos !
em 6 minutos contamos esta história, e o resto do tempo que ainda resta ? Vão estar visiveis a você, a entender o amor e o tempo, e não deixar tudo para os minutos finais !

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Por trás de um cabelo existe...


Subcultural talvez seja a essência de um cabelo, talvez nem tão notavel nem muito importante, mas pelo esquecimento do mundo acabará se tornando uma prosperidade, uma auto-identidade, um pedaço de personalidade e até mesmo em alguns aspectos se apresentando como "meados de um caráter exterior" .

A beleza, o charme e a extravagância de um cabelo moreno, de um cabelo louro, ruivo nos traz diversos sentimentos de bom grado. Um cabelo é um sorriso, uma alegria, um cuidado, uma definição de algo bom. Uma inteligência, uma cultura, uma percepção.

As vezes o "tal" vem atacando, sendo agressivo, invade qualquer espaço social sem um pingo de respeito, dizem que ele é exibido,esnobe,convencido, pois chega querendo brilhar, sabe que é o melhor, o mais bonito, vem pra dar show, e no geral é um grande motivo de falação, fofoca e muitos elogios.

Uns chamam um fascínio por cabelos de devoção,outros de "fanatismo" ! Alguns dizem que é loucura,outros homens machistas o chamam de gay. Mulheres gostam, homens não !

É fora do normal, sem banalização, um dos maiores produtos de uma mulher, uma de suas marcas mais valiosas segue sendo para mim o cabelo.
Para todos isso devia seguir como um exemplo psicológico e afetivo de carinho e tranquilidade perante as mulheres.

Se reconhece qualidades e talvez alguns defeitos.

Por exemplo um cabelo curto, moreno, com uma franja, bem cuidado, brilhante, arrasador.
Aquele que no ponto de vista de alguns "escritores" são os mais exóticos e balançam com a alma daquele que o dedica.

Ele pode ser só um cabelo,mas o "só" ja é alguma coisa ! E alguma coisa bem grande.
Quando menos pensares, acharás teu grande amor, é aquele amor lindo, querido, fofo.

E começarás com pequenas frases ou pensamentos :

" Que cabelo lindo amor "
" Bá tomara que ela vá com o cabelo bem lindo hoje para sairmos"
" Ai amiga que cabelo mais lindo( todos elogiam e você começa a perceber "
"Tem vontade de apertar" ...


E grande parte das coisas, por mais que tenhamos cuidado e tentemos evitar, acaba envelhecendo até morrer, ou é interrompida bruscamente em seu auge. É assim com as flores, com os animais, com os móveis, os eletrodomésticos, o asfalto da rua, e até as rochas.
As coisas vão se desgastando, corroendo. E mudam.

É por isso que, hoje em dia eu estudo o caso, analiso, comparo, meço, peso, penso em todas as possibilidades que podem ser desenroladas e, por último, ao resolver dar o ultimato, sigo por esta trilha e não volto.
Nunca mais.

" Um cabelo não é só as coisas boas, nem somente alegrias . um cabelo é ;

Eu tentei cuidar dele, fiz o melhor que pude, mas não consegui. Ele era frágil, e eu bobeei. Por um descuido… Pum, ele se foi. E eu nada pude fazer para evitar. Eu gostava dele. Queria que tivesse sido diferente. Mas não foi. "

Quem sabe do que eu estou falando, sabe qual é a sensação. Poderia enumerar quinhentas frases tentando descrever aquele sentimento que uma cabelo maravilhoso provoca, mas seria inútil. Quem já sentiu isso sabe, quem não sentiu não pode entender. É uma sensação inesquecível. Todos os seus neurotransmissores passam a mandar mensagens constantes para o seu cérebro, disparados por uma coisa só. E muita gente chama isso de felicidade. Eu não me lembro de ter sido mais feliz na vida, do que nos dias em que me sentia assim, totalmente apaixonado por algo que posso olhar, sentir, tocar, acariciar e que nunca irá embora.

segunda-feira, 4 de julho de 2011


Você não sabe nada, acha que é adulto pensa como bicho que vive no sub-mundo, sua mente não flui, não se expande ,vive ali presa e não segue adiante,abaixo de tudo é o que você faz...não importa se esta em cima ou em baixo,o que você pensa pode o levar as alturas , ao sucesso e as conquistas, não te preocupes por morar no sub-mundo, não te sintas pior por estar morando a baixo do resto do mundo, pois se souberes pensar, querer, acreditar e com tudo isso aprender a viver, morarás em baixo, mas ficarás dono dos passos de todos, saberás quem ainda botará o pé no chão, e controlará aqueles que vivem em cima de você, mas que em consequencia das improbabilidades e insignificancias do mundo, pra você só serão mais pés a passar, não necessariamente no chão.!


Cada um acredita no que é capaz pra poder superar a si mesmo.

M a u r o .


Cada dia que passa eu me sinto mais seguro, principalmente no que diz respeito a mim.
Mais racional, menos emotivo.
Modificando algumas características e mantendo outras.

Ainda mais indiferente a certas coisas e pessoas. Valorizando somente quem merece, e tentando ignorar o restante.

Continuo tentando manter a auto-estima e solidificando a fé que eu nunca tive em mim mesmo.
Assumindo todos os meus defeitos e qualidades.
Sempre priorizando os meus pensamentos e sentimentos.

( um pensamento regressivo ou progressivo, não sei ainda, talvez.)

aprender..


Quando eu era criança, me ensinaram que a gente deve fazer o bem sem esperar nada em troca. Me ensinaram que as pessoas não vão ser boas comigo porque eu sou boa com elas. Me ensinaram a nunca esperar nada em troca. Até no Catecismo me contaram que Jesus ajudou não sei quantas pessoas e só uma voltou pra agradecer. Eu já devia ter aprendido nessa hora.

Mas não. A gente quebra a cara, apanha da vida, se ferra e não aprende. Você ajuda uma pessoa que depois quer puxar seu tapete. Você respeita alguém que mal conhece essa palavra. Você presenteia pessoas que fazem pouco caso de você no dia do seu aniversário. Você é fiel a menina que só está esperando a primeira oportunidade pra te colocar um par de chifres. Você paga o jantar de seu amigo que depois quer rachar o estacionamento de apenas três reais com você.

Seria muita hipocrisia minha dizer que gosto de fazer o bem pras pessoas e só tomar ferrada em troca. Mas não sou covarde o suficiente pra dizer que sou bonzinho pra agradar o mundo e não me importar se as pessoas agem com descaso comigo.
Me importo sim!
Não tolero descaso, falta de consideração, falta de respeito.
Não é porque sou educado que tolero gente sem educação. Não tolero gente que não cumpre com a própria palavra porque, a partir do momento que eu me comprometer com algo, vou cumprir com o que foi dito.
Nunca entendi mulher que toma chifre, sabe, e finge que não sabe.
Descaso, falta de educação, falta de respeito, falta de hombridade, falta de coleguismo, falta de ser gente.
Nunca vou entender como alguém acha isso normal.

Sempre esperei que as pessoas agissem comigo da mesma forma que eu ajo com elas, e é por isso - e só por isso - que sou honesto. Que sou franco. Que sou amigo. Que sou fiel. Só por isso me esforço pra ser uma pessoa boa. Porque espero das pessoas o mesmo tipo de atitude.
Mas sabe de uma coisa?
Bobagem.
Na hora que a coisa aperta, é com um ou com outro que você pode contar e só. Aí, cadê aquele seu amigo pra quem você vivia gravando cd's porque ele não tinha dinheiro pra comprar? Cadê aquela sua outra amiga que, quando a mãe dela ficou doente, você se ofereceu pra ir com ela no hospital? Cadê aquela que você buscou e levou em casa láááá no fim do mundo, depois das festas?
Cadê todo mundo quando você precisa de uma coisa muito simples?

Não sei aonde estão. E não me importo.
Cansei desse povo inútil sobrando na minha vida.

Ai,ai..


Falta tempo pra vir aqui todo dia, sobra assunto, histórias engraçadas, que acabo deixando pra depois.
Vou me organizar pra não sumir.

O que posso dizer hoje, é que to cansado mas feliz.
Muito.

O corpo pede cama, as pernas pedem uma almofada ou mesmo um braço de sofá só pra ficar pra cima, rs
O coração pede um tempinho a mais...

A cabeça trabalha muito, algumas vezes no silêncio, no barulho ou até mesmo no rádio sempre tocando algo que me faz pensar mais ainda.
Estou bem, como há tempos não estava.

Faço o que eu gosto, tenho o que eu quero, sou o que eu quero.

"Nossa vida é muito mais alem do que nossos olhos podem ver !"

Sim,sou eu!


Colombino por opção, comunicador por vocação, comunicativo de berço. Pelotas-Rs. 21 anos muito bem vividos, louco por cerveja e pizza. Gargalhadas para quem quiser ouvir. Rádio sempre ligado. A música invade o espaço vazio. Internet quase 24 hs.
Sol e piscina. Viajar.Brincos . Nenhum piercing. Nenhuma tatuagem.
Não me basto, preciso do mundo.
Olhos nos olhos. Beijos lentos. Sensível. Sem frescura. Uma procura, um encontro. Alegre de alma. Genéticamente ranzinzo. Limites e possibilidades. Encantos e desencantos. Sonho e realidade. Grandes mudanças e pequenos gestos. Conflitos. E uma coragem sempre presente.
Amigos que vêm e vão. Confiança. Convivência.
Orquídeas, Tulipas e Girassóis. Verde e Vermelho. Zé Ramalho, Raça Negra , Jah Live e Jorge Aragão
Sempre.

Bem Além.


Escrever não tem dia, não tem hora. Toda hora é momento. Tudo que dizemos, que falamos, pensamos e até refletimos, são problemas e conceitos da vida que nos trazem facilidades ou problemas,mas terão vocês que ler sempre para se tocarem das coisas erradas e de suas ingenuidades? Precisamos de palavras bonitas para acreditar e sorrir, pois somos incapazes de viver só de pensamentos e desejos abstratos.


segunda-feira, 27 de junho de 2011

Libertinagem Falsa.


Cara, que linda e deslumbrante é a necessidade de liberdade, lutamos por liberdade, por milhoes de direitos, milhões de coisas que podemos fazer e não fazemos, tudo que a gente tem vontade de fazer mas não podemos , não olhamos,não sentimos, é tudo tão facil saber , nos aprisionamos, sentimos um bloqueio em nossa mente que não percebemos, e esse bloqueio se espalha por todo seu corpo e alma.
Mas sua memória dá "flayers" do passado. de como tudo aconteceu, de como tudo na verdade é, pois na verdade sabemos mas não conseguimos identificar , o quanto tudo e todos são libertos, somos parte de uma "libertinagem" completamente acessivel, sem escolhas ou opções, somos apenas escravos de nós mesmos, e nossas liberdades são feitas por nós mesmos.


O Livro da vida.


Caminhar sem rumo, olhar, para cima para baixo,pensar,refletir,tentar entender a sua vida, E como se sente ?
É Complicado tudo que passamos não acha? Tudo na nossa vida, nossos problemas. indiferenças, ilusoês problemas pessoais, tudo que um ser humano posso possuir, ah gente pensa em segundos, minutos, e sem mesmo saber por que...
... E , de-repente você olha ao chão, e encontra um pequeno livro, tal ele dizendo seu nome, então voce pensa : meu nome escrito no livro da vida ? Porque?
Ai você abre, e lá estara toda sua vida escrita, todos seus altos e baixos,tudo que ja passou, e que passará , você olha para você mesmo, e pergunta o que está acontecendo ? e ai conseguiu entender ? não ? Isto nunca podera acontecer, é algo diferente, uma ficção, mas tudo que achares a sua frente , pegue e olhe ,se achas que deve olhar detalhadamente, ou abrir se for um livro, se sentir que pode, então abra, pode lhe ter, algo que agrade a você , tudo que aparecer abra a mão e receba com maior prazer !

A Oportunidade é algo único, você sempre se arrependa de ter perdido algo, então para não se arrepender não perca !

Resgatei este livro caminhando em um deserto, e nem procurando estava, talvez ele tenha me procurado, e hj , sou muito feliz !

segunda-feira, 13 de junho de 2011

As vezes ...

.

As vezes fico me sentindo estranho no que sinto, mas fico me sentindo feliz porque eu sei que é tão bom. As vezes eu fico pensando no que sou, no que sinto e no que eu devo fazer, para que eu seja alguém sempre melhor, para que eu seja alguém decente, com dignidade e alguém querido com as pessoas. As vezes penso que penso demais, e as vezes penso que não penso .

Mas o que eu mais penso é que tanto sinto , é que hoje eu me sinto feliz, eu me sinto por as vezes perceber que eu sinto em mim e sempre senti coisas tão boas. Eu fico feliz por ser assim, me achar alguem tão sentimental e romântico com as mulheres, amigo e leal tanto com eles quanto com elas..

As vezes me sinto bem por sentir algo que eu não sentia, por eu conseguir enxergar pessoas boas. Fico feliz demais em ver frente aos olhos meninas que me fazem o coração tremer, que faz com que ele dispare de uma tal forma que eu já tinha esquecido. As vezes fico feliz por conseguir me aproximar, ou apenas conversar. Eu faço o que faço por ser alguem puro, pois apesar dos problemas sociais , o que é normal na rotina de qualquer pessoa. Consigo sempre ser mais amor ,ser mais carinho,ser mais atenção, eu consigo ser pessoa. Eu consigo sempre acreditar que as vezes devemos esperar, porém sempre persistir,nunca desistir.

Acreditar que o que sentimos e acreditamos, devemos sempre ir até o fim, em busca daquilo que por dentro, chamamos de alegria, chamamos de conquista, chamamos de felicidade..

Supra seu sentimento, busque seus sonhos, e realize seus desejos, mesmo que ele seja algo de muita dificuldade, pois ele não se tornará menor, só se tornará muito maior, por ter sido uma longa caminhada, e ter se tornado mais prazeroso e valioso nessa sua caminhada interior e exterior.

As vezes acho que posso conseguir tudo.